Carregando

Cooperativas de crédito analisam como as plataformas e hubs aceleram a inovação

Com crescimento contínuo capaz de já ter conquistado mais de 9 milhões de brasileiros, as grandes marcas do cooperativismo de crédito se reunirão em um congresso para discutir as melhores práticas na busca pela ampliação de sua capilaridade

Definir os conceitos de grande e pequeno é uma tarefa que depende das referências que se usem para fazer a comparação. Uma prova disso pode ser vista na análise do desempenho do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo (SNCC).  Os números absolutos deste segmento parecem demonstrar uma indiscutível grandeza, afinal, o modelo de negócios já conquistou nove milhões de brasileiros. Mas se comparado ao que ocorre na França, por exemplo, a constatação óbvia seria a de que o Brasil ainda está somente no começo do desenvolvimento deste mercado.

Isto porque em termos de participação no conjunto da população, os usuários do cooperativismo de crédito no Brasil chegam a apenas 4,5% enquanto no país europeu esta relação é de quase 50%.

Para encontrar formas de continuar crescendo e conquistando cada vez mais adeptos para quem sabe algum dia chegar perto do patamar francês, algumas das maiores marcas do cooperativismo de crédito nacional se reunirão no final do mês de maio para a realização da 2ª edição do Congresso de Cooperativas de Crédito (C3 2019). O evento acontecerá em São Paulo e terá como um dos destaques da programação a realização do painel: “Como plataformas e hubs de inovação ampliam a troca de informações entre fintechs e cooperativas?”

O objetivo do debate, que acontecerá no dia 29 às 14h20, será demonstrar na prática o quanto fintechs e cooperativas de crédito têm muito o que aprender e compartilhar mutuamente. Os participantes demonstrarão que, em função desta oportunidade, é cada vez maior o número de plataformas e hubs de inovação para encurtar as distâncias entre as startups e o mundo do cooperativismo.

Na ocasião serão apresentados inclusive os resultados obtidos pela Plataforma Space, programa do Sicoob Empresas do Rio de Janeiro, no qual startups, cooperativas e empresas tradicionais se encontram para discutir e fomentar soluções inovadoras para o mercado e novas frentes de negócios.

Além desta atividade, o congresso terá também um painel cujo objetivo será debater o fenômeno fintech e a transformação digital como motor da democratização do acesso ao crédito.

O encontro, que está marcado para o dia 29 ás 11h30, contará com a participação do CEO do Torq e Co-founder do Fintechlab, Fábio Gonsalez, além de Alexandre Lara, CEO & Co-founder do BLU365, Rebecca Álvarez Inhesta, Business Development Specialist da Creditas, Marcos Ramos, CEO da Easycrédito e Ricardo Kalichsztein, CEO & Founder da Bom Pra Crédito.

O C3 2019 será realizado no Hotel Belas Artes São Paulo (Rua Frei Caneca, 1199. Cerqueira César), entre os dias 29 e 30 de maio. Tendo a inovação com um dos pilares, a programação terá ainda painéis como: “Inteligência artificial para alavancar indicadores de qualidade”; “Reconhecimento facial para personalizar atendimentos”; e “Transformação digital: contexto atual e o que esperar do futuro”.

As inscrições podem ser feitas no site do evento.

Além da participação ativa no evento, por meio de seu CEO, o TORQ acompanha de perto a evolução do crescimento do cooperativismo de crédito no Brasil e sua busca por inovação. Entre em contato e vamos inovar juntos.