Carregando

Inovação e empreendedorismo reúnem cinco mil pessoas no Festival da Transformação

O Festival da Transformação é a construção colaborativa entre empresas, órgãos públicos e grandes universidades terá Batalha de Pitches, Feira de Statups, espaço de coworking, hackatons e muito conteúdo sobre tecnologia e negócios.

No próximo final de semana (24 e 25) a cidade de Porto Alegre será a capital da inovação no Brasil com a realização da segunda edição do Festival da Transformação (FT18). O evento é promovido pela Associação dos Dirigentes de Marketing e Vendas do Brasil, do Rio Grande do Sul (ADVB/RS). Ele acontece principalmente na ESPM/Sul com centenas de atividades entre palestras de especialistas nacionais e internacionais, workshops, experiências e shows, além de atividades paralelas na Unisinos, ADVB/RS e PUCRS, para um público esperado de 5 mil pessoas.

O FT18 contará com mais de 450 atividades em formato de hubs, mas este ano além de Marketing, Tecnologia, Inovação e Empreendedorismo, o novo hub de Cultura vai ampliar as atividades de música e artes. Assim os participantes poderão escolher entre Desafio de Moda; Food Park; intervenções de teatro; espaço de coworking; estúdio de tatuagem; feira de startups; hackatons; shows; exposição de arte entre outras.

Competição entre startups inovadoras

Uma das principais atrações será a Batalha de Pitches, uma competição criada para dar espaço a novos empreendimentos. As regras exigem que as empresas participantes tenham, no máximo, dois anos de fundação e cujo valuation não passe de R$ 10 milhões. Além disso elas precisam apresentar inovação inerente à oferta ou ao modelo de negócio.

“A ideia é expor os projetos a um público formado por protagonistas, interessados e entusiastas da Economia Criativa e Digital, ficando à vista para opções de funding com investidores”, explica o diretor de Startups da SEPRORGS, Plataforma de Negócios Digitais do Rio Grande do Sul, entidade que organiza a disputa, Luis Henrique Petkovicz.

Para os três primeiros colocados na competição, serão distribuídos cerca de R$ 36 mil em prêmios, incluindo cursos, mentorias, assessoria de marketing, associação ao SEPRORGS, entre outros. Também haverá sorteios de viagens e outros prêmios.

De acordo com Donald Reis, vice-presidente e diretor de Marketing do SEPRORGS, tanto o desafio, como a Feira de Statups, que também está na programação do Festival da Transformação, serão espaços abertos para apoiar o ambiente de empreendedorismo e fomentar o crescimento dos novos negócios.

Conteúdo inovador

Entre os palestrantes escalados para as atividades de conteúdo se destacam: Eitan Blanche (Google Brasil); Jen e Jim Moss (Plasticity Labs); Pietra Strassburger Scheffel (Petite Jolie), Barry Smith (Filósofo Britânico), Guilherme Melles (Criador do Quebrando Tabu); Rita Lisauska (Estadão) Sérgio Xavier Filho (SportTV), Lucas Suesco (Bradesco), Dado Schneider; Veronica Oliveira (Faxina Boa), Tito Gusmão (Warren), Joanna Búrigo (Casa da Mãe Joanna), Tobias Chanan (Urban Farmcy), Jéssica Tâmbalo (TFF – Tought For Food), Eduardo Lima (Eduk), Luisa Ramirez (Magra de Ruim), Roberta Ramos (ABICalçados), Eduardo Magalhães (DogHero), Filipe Dias Führer (Treinador de Categoria de Base do Juventude), Arika Messa (The Taste Brasil), Diego Daminelli (Organica), Roger Klafke (Sebrae); Tiago Vaz (Hospital de Clinicas); entre outros.

O VP de Marketing e Vendas da ADVB/RS e CEO do Festival da Transformação, Jonatas Abbott, afirma que a união de dezenas de pessoas do mercado na curadoria; o apoio de empresas, outras entidades, órgãos públicos e coletivos, a parceria com grandes universidades e toda a rede ADVB/RS, fazem do evento o maior festival de conteúdo do Brasil.

O Torq acredita que a aproximação entre a academia, as empresas e o ecossistema de inovação seja o principal combustível para o surgimento de novos modelos de negócios que não só tragam benefícios para as partes envolvidas em seu desenvolvimento, mas principalmente para a sociedade como um todo. Entre em contato e vamos inovar juntos.