Fale com o Torq

O que é Design Thinking?

| Tendências,

Você já ouviu falar no Design Thinking? Este é um dos conceitos de inovação mais importantes, que ajuda as empresas a encontrarem as respostas para os principais problemas dos clientes.

Portanto, não é necessário ser um profissional de design para implementar este modelo. É necessário apenas ter criatividade, quebrar os conceitos antigos e aprender a mergulhar no problema.

Então se você ainda não conhece o design thinking, este post vai mostrar:

  • O que é o design thinking?
  • A importância de abraçar o problema
  • Como é o ciclo de design thinking?

O que é design thinking?

Uma das histórias que mais ilustra o design thinking vem da Índia. Durante muito tempo, este país sofreu com problemas de bebês prematuros que morriam por não haverem incubadoras suficientes para eles. Portanto, analisando este problema de forma mais superficial, ter mais incubadoras é a solução perfeita.

Porém, a equipe que estava encarregada de lidar com este problema não se satisfez com esta solução.

Eles foram até os locais onde os bebês morriam e descobriram duas coisas:

1 – Existiam muitas incubadoras nos maiores hospitais da Índia e

2 – os bebês morriam em vilas e cidades menores, sem grandes hospitais, em que não havia tempo para que eles chegassem até as incubadoras.

A solução, foi criar uma incubadora móvel, muito mais barata e que permitia que o bebê chegasse aos hospitais. A ideia é viável, simples e deu certo, salvando milhões de vidas.

A importância de entender o problema

Isso é design thinking. Olhar o problema de ponta a ponta, entendendo de fato qual é o motivo da sua existência. Se a equipe tivesse se contentado com a primeira solução, o problema não resolvido, resultando apenas em tempo e dinheiro perdido.

Design Thinking é cavar um pouco mais a fundo sobre o problema, para entendê-lo de verdade, elaborar uma solução criativa, e colocá-la para teste e ver se ela dá certo. Se sim, o conceito é escalado até ser adotado por todo um país.

Como é o ciclo de design thinking?

Portanto, antes de mais nada, é preciso deixar claro que design thinking não é uma metodologia, mas sim uma abordagem. É um mindset e não uma ferramenta.

É claro que existem as ferramentas, e cada empresa coloca seu nome no processo. O Google tem uma, a IBM tem uma, enfim, existem milhares. Você pode escolher o modelo que mais fala com você para aplicar o design thinking.

Porém, nada disso é tão importante quanto entender o conceito. O Design Thinking tem um conjunto de etapas, que podem ter diversos nomes. Normalmente, são 5 fases:

  • Descoberta: Qual é o seu problema? Bebês prematuros que morrem por não terem incubadora;
  • Interpretação: Qual é o seu problema, de verdade? Os bebês morrem por não ter incubadora ou por não conseguirem chegar a ela?
  • Ideia: Como você pode resolver este problema? É preciso comparar mais incubadoras ou criar uma incubadora portátil?
  • Prototipação: Vamos começar pequeno e apresentar um protótipo? Crie algumas pequenas incubadoras, para não gastar muito;
  • Análise: A ideia deu certo? Se não, vamos voltar do início e tentar novamente. Se sim, podemos seguir adiante e escalar a ideia.

Alguns autores colocam a fase de escalar a solução como separada enquanto outros dizem que é parte do design thinking. Isso é uma discussão que não importa muito. O importante é entender o conceito.

Em um mundo tão obcecado com os dados é natural olhar para eles e querer todas as respostas. Mas, o design thinking defende que é preciso ir além dos dados. Afinal, se o criador de incubadora não tivesse ido à Índia, conversado com as pessoas que passavam por este problema, jamais teria encontrado a solução ideal.