Carregando

Projetos selecionados pelo laboratório do BACEN indicam o caminho da inovação

Antecipação de recebíveis, pagamentos com QR Code e aplicativos para digitalizar processos na concessão de crédito se destacam entre iniciativas escolhidas para receberem incentivos do órgão neste ano

No início de julho, o Laboratório de Inovações Financeiras e Tecnológicas (Lift) anunciou os 20 projetos escolhidos para a segunda etapa da versão 2019. As ideias escolhidas criam aplicativos para facilitar antecipação de recebíveis, viabilizar pagamentos com QR Code, funcionar como plataforma para obtenção de crédito, entre outras facilidades para os usuários do Sistema Financeiro Nacional (SFN).

O Lift é uma iniciativa da Federação Nacional de Associações dos Servidores do Banco Central (Fenasbac), coordenada pelo Banco Central (BC) e apoiada por empresas de tecnologia além de especialistas. Trata-se de um espaço virtual colaborativo no qual podem participar fornecedores de tecnologias, agentes da academia e membros da sociedade com vistas à proposição, ao desenvolvimento e à análise de projetos de inovação tecnológica especialmente aplicados à indústria financeira.

As inovações geradas pelo Lift podem incentivar a competição no mercado, aumentar a sua eficiência e gerar valor à sociedade brasileira, tanto para os clientes quanto para os provedores produtos e serviços financeiros.

Na edição do ano passado 12 projetos foram transformados em protótipos e traziam como novidades o uso de inteligência artificial, aprendizado de máquina, blockchain e outras tecnologias. Algumas delas, como foi o caso da Crédito Ideal, que usa um sistema de inteligência artificial para refinar informações sob medida para empréstimos, já chegaram a fechar contratos comerciais com instituições como o Bradesco, por exemplo.

Para este ano o Lift selecionou os seguintes projetos:

  • Antecipa Fácil: plataforma tecnológica para leilão de duplicatas.
  • Antecipação com transparência, educação e sustentabilidade: antecipação de recebíveis com inteligência artificial.
  • BluPay – Switch de Pagamento Instantâneo em DLT Corda: pagamentos instantâneos com QR Code.
  • ConsignApp: informações sobre crédito consignado.
  • FINID – Identidade Financeira Digital: criação de identidade financeira única para o usuário.
  • FINWEB – Empreendedorismo Colaborativo: sistema para pagamento de fornecedores de forma descentralizada.
  • Gavea Marketplace: plataforma digital para negociação de commodities.
  • Midas – Investir bem é para todos: plataforma para reunir recursos de vários usuários e permitir acesso a investimentos.
  • Novas possibilidades com pagamentos instantâneos: aplicativo de liquidação instantânea para o comércio.
  • Oslo Investe: aplicativo para investimento realizado a partir dos objetivos do usuário.
  • P2P Lending Blockchain: plataforma digital de concessão de crédito para pequenas e médias empresas.
  • Provi – acreditando em pessoas: aplicativo de análise de crédito.
  • Quadra Urbana: aplicativo para investimento em imóveis.
  • Saque super fácil: aplicativo para saques na função débito sem custo.
  • SaxPerto: aplicativo para saques em carteiras digitais.
  • SAz: aplicativo para refinanciamento de dívidas.
  • TransferHub | Câmbio Justo: aplicativo para operações de câmbio peer-to-peer.
  • TuTu Digital: aplicativo para obtenção de crédito.
  • VenceHoje: aplicativo para recebimento de boletos e faturas.
  • WIP – Projeto preditivo de demissão: plataforma empréstimo consignado privado.

A transformação desta efervescência de ideias em empresas economicamente saudáveis é um desafio tanto para seus criadores como para a indústria financeira que tem total interesse em aproveitar este tipo de inovação. O Torq é especialista em promover encontros e desenvolver estratégias que levem à superação deste desafio. Se você tem uma ideia ou se sua empresa deseja aproveitar a criatividade de uma startup, entre em contato e vamos superar juntos as barreiras da inovação.